Posts

Atualmente a criação de conteúdo e de dados que são gerados e distribuídos pela internet supera em muito nossa capacidade de conhece-los e analisa-los. Geramos muitos mais dados do que podemos aproveitar e pouco aprendemos com eles. De acordo com estudos, apenas 0,5% de todos os dados do mundo são analisados. Ou seja, é extremamente necessário selecionar o que se lê, ouve e assisti, caso contrário ficaremos perdidos, estressados e doente. Sugiro uma dieta da informação para uma vida mais saudável.

Mecanismos de comunicação criados para melhor e agilizar nosso relacionamento com os outros atualmente nos consomem muito tempo, como é o caso dos e-mails, do WhatsApp e das redes sociais. Precisamos fazer uma dieta de informação, eliminando tudo que for dispensável e permanecendo apenas com aquilo que for essencial. É surpreendente como precisamos de bem menos do que temos e que não fará falta. Não é fácil ter esse desapego, porque informação vicia imagine passar alguns dias sem e-mail, WhatsApp e redes sociais…. Parece impossível, mas não é. Tente dedicar um dia por semana para não acessar esses meios. E não se preocupe, se algo for realmente importante ligarão para você.

 

Necessitamos nos desligar por algum tempo das conexões sociais digitais e vivermos o que realmente é importante, presencialmente com as pessoas, com a família e consigo mesmo.

 

Organizando as informações

Organizar informações começa na seleção de quais delas são importantes, quais delas são prioritárias para aquele momento. A grande oferta de informações gratuitas ou por pequenos valores nos transformaram em grandes acumuladores. Com conteúdo que pouco são analisados e colocados na prática. Estamos tendo uma overdose de informações diariamente!

Organização aumenta a produtividade, economiza tempo e nos proporciona viver o que realmente é importante.

A automação nos dias de hoje proporciona uma redução expressiva de nossas ações, produtividade e economia de tempo e dinheiro. Mas se não formos organizados de nada vai adiantar. A tecnologia realmente funciona aliada ao planejamento e a organização.  Executar várias tarefas em nosso computador sem um planejamento sistemático pode trazer uma grande perda de tempo e nervosismo ao não achar os arquivos e informações que precisamos no momento

Automação sem organização é o caos

Há pessoas que se dizem organizada no caos. Afirmam que o caos traz a criatividade que necessitam. Eu particularmente não acredito. Penso que se essas pessoas tentassem ser criativas em um ambiente organizado, suas mentes poderiam “viajar” mais longe, sem empecilhos. De qualquer forma, a organização é essencial para profissionais que desejam aumentar sua produtividade e ter mais tempo para sua vida pessoal.

Sempre temos a possibilidade de analisar o que fazemos e ter uma organização mais inteligente para trabalhar. Atualmente muitas atividades mecânicas podem ser substituídas pela automação, proporcionando mais tempo para desenvolvimento de nossos talentos e conhecimento. De acordo com estudos 51% dos profissionais, gastam mais de 1 hora diária localizando informações. Temos que permanentemente pensar em organizar nosso trabalho de forma sistemática, utilizando-se das tecnologias que estão sendo oferecidas.

Com a enxurrada de informações gratuitas e baratas que nos são oferecidas diariamente, aliada a uma crescente ansiedade de obter mais conhecimento por medo de ficar desatualizado, faz com que prestemos muita atenção há uma possível nova patologia moderna. A necessária seleção de informações e a disciplina em saber determinar períodos de descanso, tornam-se essenciais para uma vida saudável, sem estresse.

 

A dieta da informação em nosso íntimo

Mesmo quando estamos sem nos atualizar com novas informações, nossa mente insiste em continuar pensando nas informações anteriores, em resolução de problemas e numa enorme gama de besteiras. Nossa mente está cheia de lixos mentais que adquirimos em nosso dia a dia, tanto nos meios digitais como físicos.

Além dessa enxurrada incessante de informações causar estresse, os pensamentos negativos, pessimistas, de vingança e outros, criam uma psicosfera em nosso redor nada promissora, além de ter consequências em nosso corpo na forma de doenças.

Dessa forma a dieta da informação também se dá em nosso íntimo, através de uma prática de não cultivar pensamentos negativos e ainda possuir uma disciplina de parar os pensamentos desnecessários, que não servem para nada, que não são para aquele momento.

Você perceberá que a maioria de nossos pensamentos são supérfluos, que não necessitamos para aquele momento. Uma boa disciplina através de análise dos pensamentos fara você perceber isso, abrindo espaço para momentos relaxantes e aumentando a produtividade com pensamentos que realmente são importantes.

 

Dicas resumidas:

  • Selecione as informações que entrarão em sua mente
  • Não desperdice seu tempo com informações que não são relevantes para você
  • Estabeleça tempos determinados para acessar as redes sociais, email e WhatsApp
  • Pare de olhar as redes sociais e os canais de comunicação pelo menos 1 horas antes de dormir
  • Fique um dia da semana sem acessar as redes sociais e os canais de comunicação